quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Dia 23/365

A CAMINHADA



O voluntário de hoje foi Adelmo Vasconcelos, celebridade local no Twitter, que só conheci presencialmente agora. Não lembro se ele é jornalista ou publicitário, mas tem cara de WebDesigner. E nem precisa de exercício físico, mas se doou  a esta Dieta da Rede Social por simples filantropia calórica. 


Eis que o mundo é pequeno e começa na Cidade do Recife, para que eu percebesse que Adelmo é marido de uma amiga minha, jornalista, nossa voluntária dos primeiros dias desta Dieta da Rede Social. E assim, caminhamos falando sobre tabacudices alheias (piadas e acontecimentos do mundo Geek), dominação conjugal, cachorra, ciúme, gravidez e filhos.

Atividade física concluída com sucesso, pois caminhamos 5 km na Beira-Rio, sem o cheiro de rato morto.



Atualizado às 13h45:
Saiu o link para a reportagem da Rede Record (Nacional), no Fala Brasil de hoje! Realmente eu sou muito bonito de rosto. Mhuahahahahahahaha!!!!! Acesse ao lado, no link fixo "ESTAMOS NA MÍDIA", abaixo do contador de acessos (vai me dizer que você pensava que era um contador calórico?).

COMO ANDA A ALIMENTAÇÃO?

Em time que está ganhando não se mexe. Ingerir bananas pré-caminhada, é de praxe. Mas hoje, no café da manhã propriamente dito, resolvi comer os restos de um ovo mexido do prato do meu filho, acompanhado por umas torradas de centeio. Pois é! Na hora do almoço, outra opção caseira da vida real: bife grelhado, arroz integral, saladinha crua, feijão moderado. E vamos em frente. Aguarde e confie.




VOCÊ NÃO SABE O QUE EU CAMINHEI PRA CHEGAR ATÉ AQUI...


A cultura do não-desperdício é o que engorda pais e mães que sabem dar valor ao seu suado dinheirinho. Não é raro "fazer a reciclagem", traçando os restos das bandejas dos filhos nas visitas em família ao Fast-Food (que não me pertencem mais, registre-se). O que começa como inteligência financeira (comer para não jogar dinheiro fora), acaba se tornando hábito no cotidiano - e quando percebemos, estamos repetindo o gesto também dentro de casa. Quando se tem três filhos então, a engordada (dos pais) é bem mais rápida. Agora, fecho os olhos para o desperdício, e tento racionalizar as refeições dos meninos, com dois pratos para três.

3 comentários:

  1. Awm, mas o cheirinho rato-morto é um plus para a respiração! Quando ia chegando perto, dávamos aquela fungada!

    ResponderExcluir
  2. Huhuuu!! Acabei de te ver na Tv!!
    Muita força p ti!!

    Eu moro em São Lourenço da Mata mas estou pensando em dar umas caminhadas por aí p te acompanhar e dá força tbm!!
    Sua iniciativa está e inspirando e me dando forças p continuar!

    Um abraço,

    Débora.

    ResponderExcluir
  3. Força estamos com você. Você vai conseguir

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu incentivo por escrito