sábado, 8 de dezembro de 2012

Dia 33/365

A CAMINHADA


Peço uma salva de palmas para a minha nova amiga, Edina (pronuncia-se "Edna com i") Almeida, a super-voluntária de hoje: batalhadora incansável que cria três filhos sozinha, acorda cedo e assiste o "Fala Brasil" da Rede Record, antes de sair para o trabalho. Foi através da TV que ela chegou a este blog - e, consequentemente, a mim - para ser a especialíssima voluntária anônima deste 33º dia. Incrível como este projeto está atraindo gente do bem. Edina participou de uma confra da firma ontem e, mesmo chegando em casa às 2h30 com sete doses de uísque na cabeça, estava me esperando às 6h, pontualíssima. E mais: caminhou 20 minutos da sua casa, na Imbiribeira, até a Pracinha de Boa Viagem só para poder andar comigo. Rapidamente nos tornamos amigos. É incrivel como o destino sempre me empurra para a piada pronta: descobri que ela trabalha com balanças industriais! Ou seja, já caminhei com o gerente da churrascaria/pizzaria e agora com a mulher da balança. Não será surpresa se um dia aparecer o Sr. Wonka, me oferecendo um chocolate.
Atividade física concluída com sucesso: 6,2 km na orla de Boa Viagem. Um grande abraço, Edina, qualquer dia passo lá na firma pra me pesar!!!


COMO ANDA A ALIMENTAÇÃO?

Hoje tive uma deliciosa opção de almoço, no clube metido a V.I.P que meu sogro freqüenta: peixe com legumes e arroz de ervilha. Delícia! Confiram a foto.





VOCÊ NÃO SABE O QUE EU CAMINHEI PRA CHEGAR ATÉ AQUI...

A Balança é, ao mesmo tempo, a recompensa e o terror das dietas - dependendo da freqüência de uso e da 'neura' do gordo. Pode ser a mensageira da boa notícia que vai impulsionar a perseverança do regime ou ainda a algoz que reproduz a verdadeira verdade da retenção de líquidos, da pulada de cerca do final de semana e das confras natalinas. Convém se pesar com uma freqüência regular, porém esporádica, por isso estou preferindo o confronto com a balança somente a cada 30 dias. Minha nova amiga Edina, que trabalha no ramo das balanças e também está seguindo uma dieta, consegue se controlar para não ficar checando seu peso toda semana. Eu, felizmente, quebrei a de lá de casa quando rompi a barreira dos 130 kg e a fiz dar uma volta completa no ponteiro - que congelou em 9kg. Kkkkkkkkkkk

2 comentários:

  1. Boa noite, Marcus.
    Eu emagreci trinta kg em cinco anos, isso sem ter a sua coragem e condições para caminhar todos os dias. Consegui esse êxito na base da educação alimentar e mudanças de hábitos etílicos. Agora estou tentando chegar aos mesmos quarenta kg que você “vai” emagrecer.
    Depois de uma conversa que tive com um cidadão que conheci pelos hotéis da vida, que corre todos os dias quarenta e cinco minutos. Eu cheguei à conclusão que a desculpa que eu tinha de não ter tempo e lugar para as caminhadas, servia apenas para me enganar. Assim, seguindo seu exemplo e do cidadão, vou encontrar a coragem que me falta e vou tentar emagrecer os quinze kg (um sonho) que me faltam, no prazer das caminhadas.
    Abraços e boa sorte,
    Chicão.

    ResponderExcluir
  2. Seguindo sempre seus passos...
    Bom domingo!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu incentivo por escrito