sábado, 22 de dezembro de 2012

Dia 47/365

A CAMINHADA

A voluntária de hoje me fez o enorme favor de me deixar dormir até mais tarde, afinal, comemoramos nesta data nada menos do que 17 anos de dominação. Pois é, estou falando da minha cara-metade, que por força maior me fez quebrar a regra de não repetir voluntários nesta Dieta da Rede Social. Com agendamento feito há mais de 30 dias, Alessandra fez questão de monopolizar minha atenção no nosso aniversário de namoro. Imagino que ela queira fazer o mesmo no de casamento, em agosto. Ou seja, se minha meta era vender pelo menos 365 exemplares do meu futuro livro d'A Dieta da Rede Social (um para cada voluntário), agora terei que me contentar com menos três (de todo jeito o dela seria de graça).
 A caminhada começou no Central Park 13 de Maio, mas como boa aquariana, ela não gosta de andar em círculos. Por isso resolvemos sair perambulando pelo centro do Recife, percorrendo a Rua do Hospício, Rua do Príncipe, Fernandes Vieira, Praça Oswaldo Cruz (para contemplar o glorioso Sindicato dos Jornalistas de Pernambuco), Conde da Boa Vista, oitão do sanatório,  ruelas no entorno da Unicap, Avenida Mário Melo, Cruz Cabugá, Rua do Lima e, finalmente, a Aurora. Incrível como o trajeto formou um mini-mapa de Pernambuco. 
Atividade física concluída com sucesso! 5,37 km + uns abdominais especiais ontem à noite. Também foi bom pra você, amor?




COMO ANDA A ALIMENTAÇÃO?

Banana comprida, cozida, com uma ponta de faca de manteiga. Isso sim, é um café da manhã.


VOCÊ NÃO SABE OS PASSOS QUE DEI PRA CHEGAR ATÉ AQUI...

Antes de chegar ao ápice do meu peso (os 139,8 kg, marco-zero desta dieta), o primeiro sinal de alerta veio no simbolismo do matrimonio: a aliança de casado estava literalmente estrangulando meu dedo. Precisei untá-lo com manteiga Turvo para tirar o anel e, desde então, ando livre, leve e solto - com consentimento da mulher, claro. Mhuahahahahaha


Um comentário:

Deixe aqui seu incentivo por escrito