sábado, 29 de dezembro de 2012

Dia 54/365

A CAMINHADA

A partir de hoje, seguirei por caminhos tortuosos e torturantes por vários dias, durante meu recesso para gozar o  réveillon no templo praieiro da Família Bullying Feliz, sendo tentado de todos os lados por guloseimas mil que fazem jus à alcunha que nos classifica de morta-fome perante a cozinheira:  "Os Insaciáveis".  Durante nove intermináveis dias, totalizando 54 refeições (aqui a galera segue o esquema gastronômico "viagem de transatlântico"), estarei pondo à prova esta Dieta da Rede Social. E assim, teremos sempre um parente-surpresa, membro da Família Bullying Feliz, me ajudando nas caminhadas solidárias. Estou pensando seriamente em intensificar a prática do exercício, aumentando para duas vezes por dia.
Na primeira manhã, acordei às 7h e não encontrei banana (o meu combustível padrão para a pré-caminhada). Em seu lugar, um suculento cuscuz, ovos mexidos e queijo de coalho frito. Me benzi e fiz um pratinho de sobremesa - rapidamente degustado. Felizmente, quatro voluntários se habilitaram simultaneamente para a primeira caminhada deste período de ano-novo: Lucas Amorim, atleta profissional de vôlei aos 17 anos (1.97m) e meu filho Bernardo, de 12 anos. Os outros dois participantes serão sumariamente ignorados, pois já tiveram seu momento de fama neste blog. Mhuahahahaha.
Lucas, também conhecido como Marago por causa da sua camiseta de treino, com os dizeres  "estive em Maragogi"(e nunca mais tirei essa camiseta), é praticamente o super boy: atleta, excelente aluno e ótimo filho (da minha queria Tia Marta). Bom em matemática, física e química, certamente vai dar pra Engenheiro. Conversamos sobre seus planos para o futuro, peladas de vôlei, basquete e futebol. Já o meu rebento só queria saber de gandaia, e nos acompanhou por 6 km, assim como os outros dois, que não ouso dizer o nome. Kkkkkkkkk
Atividade física concluída com sucesso! 6 km e muito bullying familiar! Kkkk




COMO ANDA A ALIMENTAÇÃO?

O cuscuz cedo da manhã seria apenas a pontinha do iceberg. Ainda pela manhã chegaram os parentes de Garanhuns - e com eles, o carregamento de DUZENTOS picolés de saquinho, que chamamos carinhosamente de Bilolões, pois cada um mede seus 30 cm. Mas nem tudo estava perdido! Por insistência do meu querido pai, que me ama muito, vieram 20 Bilolões Zero Açúcar. Aleluia! Peguei logo um de maracujaspartame. Djilíça!
O almoço foi aquele samba do crioulo doido, à la Os Insaciáveis: feijoada, galinha guisada, frango frito, arroz chinês e mais um cuscuz. Optei pela galinha, com direito a fígado e moela, arroz branco e outro feijão (viva Tia Marta!), marronzinho com jerimum. Refeição nº 2 concluída com sucesso. De sobremesa: sacolé de aspartame (doce demais, já enjoei!)


VOCÊ NÃO SABE OS PASSOS QUE DEI PRA CHEGAR ATÉ AQUI...

Felizmente a tertúlia nababesca d'Os Insaciáveis tem de tudo, inclusive comidas saudáveis. É só se segurar para fazer as escolhas corretas (uêpa!!!).

Um comentário:

  1. Bom recesso!
    Feliz 2013 com muita saúde e muitas caminhadas!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu incentivo por escrito