segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Dia 70/365

A CAMINHADA

Se toda segunda-feira começasse no alto-astral que rolou hoje, acho que meus domingos seriam somente de festa e expectativa. Mhuahahahaha. Pois bem, o voluntário da vez foi o jornalista super-limpeza João Henriques, o "Primo". Calma, Beth, não temos nenhum parentesco. Ele ganhou esse apelido porque tem o mau costume de chamar os amigos mais chegados de "primo", como se fosse uma gíria pessoal. Lembro que uma vez fui visitá-lo na Primolândia (o flat muito massa onde ele mora, no Parnamirim) e inventei de tirar uma ondinha com o porteiro: "diga a ele que é Mandrey, o primo dele". Ao que o porteiro sorriu maliciosamente e disse apenas "ceeerto". Estudamos jornalismo juntos, por isso nossa amizade passa de 15 anos tranquilamente. A poucos dias da formatura, eu peguei conjuntivite e adivinhem para quem eu passei a doença? Pois é, Primo! Até hoje a mãe dele me culpa pelos olhos vermelhos nas fotos (Uêpa!!!!).
Hoje Primo estava instigadíssimo para caminhar e me passar altas dicas de alimentação saudável, já que mantém bons hábitos há décadas, como não comer carne vermelha - a não ser que ela fale "mim, Papa-Capim; tu, Primo". Pra começar, ele ficou frustradíssimo porque não fora o voluntário número 69. Não perguntei porque.
Ele me explicou que a atividade física é importante, mas a consciência na hora da alimentação é muito mais. Trocamos altas figurinhas, falando sobre viagens espetaculares (Primo foi tripulante de cruzeiros chiquérrimos dentro e fora do Brasil), e também sobre a família - abro espaço para mandar um grande abraço para o Senhor Wonka (o pai dele, que é a cara de Gene Wilder) e também à sua mãe, Dona Lúcia, que sempre me oferece um suquinho de cajá.
Primo nasceu com o bumbum virado para a lua, pois já escapou da morte certa duas vezes: numa tentativa de assalto em que levou três tiros no peito; e quando pegou uma bactéria no pulmão que o deixou quase 1 mês numa UTI. O fato é que se Deus quer tanto bem a Primo, quem somos nós para querer-lhe mal? Mhuahahahaha.
Atividade física concluída com sucesso!!!! 6,7 km caminhano reto! Valeu, Primo!!!


Antes e depois da malhação! 
   
Primo devia ter feito o "V" (da vitória, claro! Mhuahahaha)


COMO ANDA A ALIMENTAÇÃO?

Hoje comi bananas cozidas (compridas) e mamão papaya orgânico, do tamanho de uma pêra. Pois é, retomei o hábito de fazer o pit-stop no lar de Tio Hipocondríaco. Mas o preço do café-da-manhã foi o bullying bombástico, quando ele informou que minha silhueta está um pouco maior do que a última vez que nos vimos (justamente no fatídico ano-novo d'Os Insaciáveis). Expliquei que ainda estou vestindo as roupas antigas, do auge do peso, embora folgadas. E só então saquei a sua estratégia psicológica. Tio Hipocondríaco revelou que está pesando 112 quilos e que vai intensificar bastante a sua própria dieta "se" (eu prefiro "quando") eu atingir os 115 kg, para que eu nunca lhe passe, no ranking ao contrário. 


VOCÊ NÃO SABE OS PASSOS QUE DEI PRA CHEGAR ATÉ AQUI...

Primo tentou me convencer a não comer carne vermelha, explicando todo o potencial destrutivo e não-digerível deste alimento. Perguntei como substituir tão deliciosa iguaria, sem perder o direito aos prazeres da carne. E Primo simplesmente sugeriu: "Coma mais frango". Ceeerto.


3 comentários:

  1. Bem, Mandra, é o seguinte: foram seis tiros, e não três....e se você quer perder o peso, fecha a boca, como as amigas penosas e peixe, e quando sair com a família, fica no suquinho...kkkkkkkkkkkk...além de economizar, vai diminuir o nível de calorias!!!...Valeu Primo!!!!

    ResponderExcluir
  2. Esse primo é com certeza uma pessoa muito especial!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu incentivo por escrito