sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Dia 74/365

A CAMINHADA

O fotógrafo Rodrigo Lobo desacelerou de suas corridinhas habituais para me acompanhar na 74ª caminhada desta Dieta da Rede Social. Como este é o segundo retratista a dar o ar da graça por aqui, aproveito a oportunidade para usar a minha própria definição de fotógrafo,  que esqueci de fazer no texto com o 49º voluntário, inventada desde a época em que o trabalho deles era artesanal, com muito mais "química" - tanto na prática quanto metaforicamente falando. Mhuahahaha. Ei-la (a definição): "fotografar é a arte de saber abrir o diafragma sem queimar o filme". Agora, basta apertar um botão e depois corrigir no Photoshop as falhas de iluminação e contraste, ou ainda fazer um ajuste no quadro (corte) se precisar. kkkkkkk. Brincadeira, galera! Eu adoro fotografia e admiro bastante meus 116 amigos fotógrafos (todos TOPs de linha, como aquele do dia 49 e este que andou comigo hoje - eita, amanhã tem mais um). 
E assim, lá estávamos nós, eu e Rodrigo, caminhando animadamente no Parque da Jaqueira, conversando sobre luz, enquadramento, pontos de vista, arte, tripé (uêpa!) - enfim, o dia-a-dia de quem vive "la vida loka" no corre-corre do jornal.  Os papos foram tão bons que ele não acreditou que já havíamos terminado as sete voltas, totalizando 6,5 km. 
Atividade física concluída com sucesso!!! Valeu, meu brother!!! Se tu não tivesse ido de boné eu ia Photochapar uma cabeleira vasta na tua cabeça, pra te considerar!!!!




COMO ANDA A ALIMENTAÇÃO?


No pit-stop habitual no lar do Tio Hipocondríaco, entrei abaixadinho no melão e na maçã orgânica - cometendo a insensatez de descascar a maçã, segundo meu primo "Sprito". Porém, expliquei que essa é uma defesa minha para o Cobalto60. Mhuahahahaha. Ah, para arrematar, um cafezinho com leite e adoçante, acompanhado por seis bolachas integrais com um pouco de "creme de ricota sabor ricota (sic)" da marca Regina. Se engordei e me f..., o importante é que emoções eu vivi.


VOCÊ NÃO SABE OS PASSOS QUE DEI PRA CHEGAR ATÉ AQUI...

Com a popularização das redes sociais e dos smartphones, qualquer um é fotógrafo hoje em dia. Por isso, fazer dieta e ter vida social "nas nuvens" é um sacrifício enorme, pois a todo momento somos bombardeado por imagens de pratos suculentos no café, almoço e jantar. Ah, esqueci dos lanches, brunches, chás da tarde e mastigações involuntárias ao longo do dia - tudo devidamente registrado com filtros especiais para nos fazer comer com os olhos. Bloqueio tudo, mentalmente, colocando as mãos nos ouvidos e fechando os olhos enquanto aperto F5 com meu nariz para dar um reload na página.  

Um comentário:

  1. Pois é...
    Estou sempre clicando a minha comidinha.....

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu incentivo por escrito