segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Dia 77/365

A CAMINHADA

Demorou, mas conheci finalmente a leitora mais assídua e participativa deste blog, a profissional de Letras com fluência em Francês, Helena Amaral. Nosso encontro foi tão cabalístico que ocorreu no dia 77 e durou exatos 8,8 km! Se eu fosse supersticioso e dado a ilicitudes jogaria hoje mesmo no bicho a 25 centavos do 1º ao 5º prêmio na milhar 7788 e também a invertida 8877 (fica a dica!).
De cara a minha voluntária da vez me presenteou com uma palma de banana comprida, importada diretamente do município de Barreiros(PE), a terra da família do marido dela. Conversamos muito, sobre uma variedade de temas que foi da ioga ao pilates (categoria Vida Saudável); do jornalismo à medicina (trabalhos com horários exaustivos); de Barreiros a Canhotinho (hábitos do interior); das línguas às viagens (pelo mundo vasto mundo); e dos filhos às refeições em família (felicidade e lazer). Falamos tanto, tanto, tanto, que chegamos aos 8,8 km e ela ainda queria mais! Assim a senhora mata o gordinho! kkkkkkkkkk.
Atividade física concluída com sucesso!!! Valeu demais, Helena Amaral!!!


COMO ANDA A ALIMENTAÇÃO?

Agora que tenho meu suprimento semanal de banana comprida, só preciso me preocupar em comprar a canela. Mhuahahahaha. Após a malhação exagerada, me senti no direito de comer dois ovos fritos (uÊpa!!) de galinha de capoeira (do tamanho de um ovo de codorna, aviso logo) e três fatias de pão de centeio. Eu sei que parece um pouco exagerado, mas pensem que este homenzarrão que vos escreve pesa 12? kg (uhú!) e precisa repor as energias. 


VOCÊ NÃO SABE OS PASSOS QUE DEI PRA CHEGAR ATÉ AQUI...

Confesso que hoje me incomodei com a foto, pois estou começando a me enxergar com o "shape" de tartaruga ninja, embora tenha a certeza de que o emagrecimento continua (pois é, tive que me pesar pra ter essa certeza! mas só divulgarei a pesagem oficial, daqui a 13 dias). Engraçado é que quando eu estava no auge da forma de bola, eu sempre me vi mais magro do que realmente não-era. Acho que nosso cérebro nos cega com um véu de auto-estima para que imaginemos sempre que a "silhueta não está tão mal assim". Do contrário não sairíamos à rua. Se Freud não explicasse isso, certamente Darwin explicaria. Mas aí, depois de começar a emagrecer de fato e passar pela fase da aceitação de elogios, agora me olho numa foto dessa e penso "eita, porra, estou re-engordando!". Ainda bem que foi só paranóia. kkkkkkk

5 comentários:

  1. Que bacana...... Heleninha é uma pessoa finíssima, super carismática, uma verdadeira LADY...... Amo ela..... E, é claro que juntos, vcss formaram uma dupla que daria nome para blobo de carnaval: excessivamente simpáticos... kkkkkk. Bjãoooo para os doisss. Rute Tamires Dias

    ResponderExcluir
  2. Poxa, adorei a idéia do blog! Se eu morasse aí perto certamente iria me candidatar a caminhada!
    Abraço e boa sorte por aí!

    ResponderExcluir
  3. E você, Rute, com certeza seria a porta-estandarte desse bloco.....
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  4. Também, tirando foto ao lado dessa "magrela" não tem quem não se ache "re-engordando". kkkk

    ResponderExcluir
  5. Com certeza Marcus não está "re - engordando, nem eu sou tão magrela assim.......Tudo é culpa da foto.....

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu incentivo por escrito