quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Dia 107/365

A CAMINHADA


A voluntária de hoje sacrificou-se tanto quanto este blogueiro que vos escreve para estar pontualmente às 5h40 em frente à Padaria Boa Viagem, pois enquanto eu saí da Rua da Aurora ela deixou o distante bairro de Candeias para conseguir cumprir o agendamento. Ressalto que ambos não teríamos conseguido sem a colaboração valorosa de nossas caras-metade (minha mulher e o maridão da voluntária), por cobrirem nossa retaguarda (uêpa!) nessa operação de guerra que é tentar sair de casa às 5h10 (ainda me atrasei 10 minutos para deixar o lar). 
E assim, eis a voluntária da vez: Ana Paula Dhalia, formada em Relações Públicas, ex-jogadora profissional de vôlei e empresária em stand by desfrutando atualmente de um período sabático para cuidar mais de si e da família (é isso aí, força!!!).
Amiga de outra voluntária (do Dia 64) desta Dieta da Rede Social, Ana Paula chegou ao projeto incentivada por ela. Falamos sobre vida saudável, prática de esportes (vôlei!), filhos, trabalho, coluna cervical, mercado imobiliário, capitalismo selvagem, compras, gastos e despesas básicas que parecem supérfluas. Foi um papo quase filosofal sobre a ausência do Poder Público que nos obriga a custear a Educação e Saúde, mas também aproveitamos para meter o pau na cultura do desperdício (inclusive calórico, claro!) amplamente difundida no mundo ocidental - e aqui abro um adendo para comentar uma frase que vi ontem numa loja de galeria, no Espinheiro: "O que é demais nunca é o bastante. Renato Russo". Sinceramente, isso é o que eu chamo de anti-marketing. Tantas frases boas do poeta da Legião Urbana, como "É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã" ou ainda "Nos deram espelhos e vimos um mundo doente". Mhuahahhahahahaa.
Ah, minha nova amiga também é adepta da Dieta da Proteína, embora já tenha enjoado de comer ovo no café-da-manhã. Particularmente eu jamais seguiria um cardápio riquíssimo em proteína, com medo da pressão alta e do ácido úrico, mas apoio e respeito as mudanças de hábito, afinal, todos os caminhos levam a Roma - embora eu prefira fazer o meu a pé. 
Atividade física concluída com sucesso!!! Foram 6,39 km sem sentir cansaço. Valeu demais, Ana Paula Dhalia!!!!



COMO ANDA A ALIMENTAÇÃO?


Antes das 5h, não tem cristão que sinta fome ou vontade de ir ao banheiro. Todos dormem: o estômago, o cérebro, o amigo cool... Por isso, forcei a barra  e comi uma banana nanica para ter forças para tomar banho, frevar Vassourinhas debaixo da cachoeira gelada (depois que levei um choque, aboli o luxo do chuveiro elétrico) e sair apressado às 5h20. E foi assim que eu queimei bastante calorias para "pegar no tranco". 


VOCÊ NÃO SABE OS PASSOS QUE DEI PRA CHEGAR ATÉ AQUI...

Existe um mundo novo debaixo dos nossos narizes, todo santo dia - ou melhor, na santa madrugada, sob os primeiros raios da manhã (ou mesmo antes deles). Refiro-me aos trabalhadores e esportistas bacurais, que antes das 5h30 já têm feito um milhão de coisas como pedalar (até o trabalho ou por esporte), pegar ônibus, fazer marmita, empurrar carroça, construir uma parede ou fazer jardinagem, explodir caixa eletrônico, comprar pão quentinho na padaria, filar o jornal do vizinho junto com o porteiro, bater papo com as empregadas etc e tals. Admiro bastante essas pessoas que produzem cedíssimo (exceto o ladrão de banco, claro) porque são homens e mulheres de fibra, que Deus ajuda - do contrário precisamos mudar o dito popular. A aurora (uêpa!) transforma até a megalópole mais populosa em cidadezinha de interior, com pessoas se cumprimentando e praticando gestos de cidadania. "Bom dia!" hoje em dia, só se escuta antes das 6h. Mas como nem tudo são flores, afinal, humanidade é humanidade, eu só queria pegar no flagra os miseráveis donos de cachorro que deixam seus animais emporcalharem nossas calçadas! E foi assim que eu me revoltei agora. kkkkkkkkkkkkk


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu incentivo por escrito