terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Dia 92/365

A CAMINHADA

Hoje tive a honra de caminhar com Janayna Gluzman: cidadã francesa nascida no Recife. Ela é produtora cultural na Cidade-Luz (Paris), para onde já levou mais de 40 artistas brasileiros como Caetano, Bethânia, Lenine, Seu Jorge e uma porção de músicos pernambucanos. Nos conhecemos de longas datas, lá no longínquo passado da minha solteirice e nerdisse suprema, quando eu ainda era um estudante de jornalismo puro, casto e imaculado (não confundir com emaconhado, por favor). Era nessa época que celebrávamos os "Micalismos" (carnavais fora-de-época dos estudantes de jornalismo, uma sátira à moda viral baiana que tomou conta do Brasil nos anos 1990's). Como tentávamos não valorizar o axé, nossos Micalismos eram basicamente encontros etílicos de finais de semana, que duravam dois dias de muita cachaça, gororobas improvisadas, pegações mútuas e experimentos musicais, artísticos e antropológicos. Lembro que introduzi no grupo a música de Chico Science, inicialmente rechaçada pela maioria dos meus amigos pseudo-cabeças, porque "A Cidade" fazia parte da trilha sonora de uma novela da Globo. Nessa época eu era conhecido no grupo como "O Gordinho" e Janaína - que era amiga de alguns dos meus colegas de turma - ganhou o singelo apelido de "Muriçoca", por razões que a própria razão desconhece.
E assim, cá estávamos nós, eu e Muriçoca, 20 anos depois, caminhando no Central Park do Recife (13 de Maio). Os papos versaram sobre a vida louca do showbiz, como os estrelismos que os coitados dos produtores têm que aturar etc. Para minha surpresa, ela isentou Caetano mas queimou Seu Jorge. Ainda conversamos sobre família, filhos, vida saudável e... Carnaval! Aliás, quis o destino que nossa caminhada acontecesse justamente no mesmo dia, hora e local da troça "Trezão na Folia", formada por frequentadores habituais da Academia da Cidade no Parque 13 de Maio (daí o nome Trezão). Foi massa escutar os acordes momescos enquanto caminhávamos animadamente. Minha acompanhante não resistiu e ensaiou uns passinhos, mas eu me contive por causa do pé machucado.
Atividade física concluída com sucesso!!! Foram 6,9 km em ótima companhia! Valeu demais, Muriçoca Jana!!!!

Incrível foi a má vontade do cara que tirou essa nossa foto. 
Eu pedi para ele enquadrar o estandarte e ele fez este único clique.

COMO ANDA A ALIMENTAÇÃO?

Dieta da Rede Social também é cultura: o filósofo inglês Thomas Hobbes já dizia que "o homem é o lobo do homem", pois é capaz de destruir seus semelhantes pela cobiça do poder, conforto, comida. Desde ontem tenho sido este lobo comigo mesmo, resolvendo exageradamente aquele probleminha de "entupimento" que me deixou "enfezado" (thanks, Evelina) quando viajei para Garanhuns. Não sei ao certo se foi o iogurte Actívia, o mamão, a granola ou a aveia que tenho consumido abundantemente, mas o fato é que meu intestino grosso já está fino. Para completar, minha voluntária de hoje me presenteou com duas deliciosas barrinhas gringas de cereais. Uma eu comi na hora, e a outra no lanche das 10h30. Depois da terceira ida matinal ao banheiro, parei.


VOCÊ NÃO SABE OS PASSOS QUE DEI PRA CHEGAR ATÉ AQUI...

Já que citei o lobo ali em cima, é chegada a hora de revelar um dos grandes traumas da minha vida: a terrível semelhança escarrada e cuspida com um famoso apresentador de programa B da TV aberta, super popular do Oiapoque ao Chuí: Leão Lobo. Lamentavelmente parecíamos gêmeos separados no parto, com a mesma barba, corte de cabelo e tipo de óculos. Uma coincidência filha da puta lastimável! E como minha macheza (uêpaaa!) se contrapunha à gayzisse exagerada do famoso "jornalista", sofri na pele com todas as piadinhas homofóbicas possíveis. A tiração de onda era tão pesada que eu perdia totalmente a noção do bom senso e partia para o contra-ataque com palavrões, onde quer que eu estivesse (na igreja, escola das crianças, restaurante, cemitério). Bastava ouvir "leão" que eu virava bicho. Mhuahahahahahaha. Agora passou, pois já não nos parecemos mais. Até onde tenho notícia, ele usa aparelho nos dentes, não tem mais barba e está magro (UÊPAAAAAAAAA!!!!). 

Um comentário:

  1. Agora sim Mandrey! Você está deixando para trás, a olhos vistos, o mega-gordo que eras. Tá secando!!!


    Parabéns mesmo!

    Abraço.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu incentivo por escrito