quarta-feira, 6 de março de 2013

Dia 121/365

A CAMINHADA

A voluntária de hoje foi  Raquel Do Monte: jornalista, doutoranda, calma, centrada, analítica, paciente e acima de tudo uma boa ouvinte. Me fez o enorme favor de ir até o Parque 13 de Maio para facilitar a minha vida nesta linda manhã de quarta-feira. Como toda mulher, comentou logo de cara que encarou este projeto solidário porque também precisa emagrecer um pouco (ainda que a olho nu eu não tenha conseguido enxergar em quê). Levamos um papo-cabeça sobre projetos para o futuro do Brasil, concurso público, caminho das pedras (estudo), passado e presente. Depois, falei sobre amenidades, família, educação dos filhos, resignação, fé no mundo melhor, novos desafios etc. No meio da nossa caminhada, cruzamos com o fotógrafo Genival Fernandes - vulgo, Paparazzi (sic) - que, secamente, nos disse: "Chorão morreu", sem parar para interagir conosco. Lamento por Chorão, mas não deixei de rir com a abordagem sempre curta e grossa de Paparazzi, todas as vezes que nos encontramos. Ontem, por sinal, quando eu caminhava no mesmo local, ele também interrompeu minha conversa com Valadares para desabafar rapidamente sobre um desentendimento com uma jornalista durante uma pauta. Queimou a moça e seguiu na sua corridinha, sem esperar pelo nosso feedback. Nessa hora a gente se olhou (eu e o voluntário) e a gargalhada foi inevitável. 
E assim, eu e Raquel conversamos tanto que nem sentimos o tempo passar. Ela não disfarçou o espanto ao saber que já tínhamos caminhado 6,3 km. Somando o trajeto até minha casa, a marcha totalizou 6,7 km. Atividade física concluída com sucesso!!!!!!!! Valeu demais, Raquel Do Monte!!!!  



COMO ANDA A ALIMENTAÇÃO?

Ontem fiquei tão feliz com a pesagem que jantei açaí na tigela com banana e granola. Perfeito para amanhecer com a fauna e a flora perfeitamente reguladas. E assim, tomei um iogurte de laranja, cenoura e mel, antes da caminhada, e comi duas fatias de pão de centeio com manteiga (uêpaaa!) depois do exercício. Claro que teve café-com-leite para desentalar. 


VOCÊ NÃO SABE OS PASSOS QUE DEI PRA CHEGAR ATÉ AQUI...

Quando eu encontro pessoas estudiosas como Raquel Do Monte, faço questão de reforçar o discurso de que "o estudo sempre nos leva a um lugar melhor". Pois é, tenho testemunhado cases de sucesso pela dedicação plena aos livros. Claro que "estudo", hoje em dia, é sinônimo de "doutorado", pois há muito tempo a simples graduação tornou-se o básico do básico. Fazendo um mea culpa, acho que tomei uma decisão precipitada em tentar nova graduação (Direito, trancado por falta de grana) em vez de fazer meu mestrado e doutorado na área de comunicação. E foi assim que eu engordei e alisei. Mhuahahahahahaha!!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu incentivo por escrito