sábado, 9 de março de 2013

Dia 124/365

A CAMINHADA

O Voluntario de hoje foi Giovanni Serpa: Advogado e corredor, ex-gigante de 1.86m nos anos 1980's, hoje somente mais um bem-crescido (e olhe que para os padrões atuais de estatura, Giovanni é considerado mediano). O fato é que até problema de coluna ele já teve no passado, por causa da postura forçada para "ficar no nível das outras pessoas". Mas um belo dia, começou a correr, ficou curado das costas e até virou maratonista. Assim, hoje Giovanni foi mais um voluntário atleta profissional a descer ao meu nível elementar de malhação.
Conversamos sobre vida saudável e projetos secretos para o futuro etc. Logo chegou a vez de falar de família, profissões, oportunidades, responsas, porto seguro (não foi sobre a cidade baiana), Endomondo e tênis com amortecimento Nimbus-Cumulus etc. Giovanni me contou que começou a correr depois dos 45 anos (hoje tem 49), levando adiante seu antigo projeto de fazer coisas que sempre teve vontade. Foram muito motivadores seus argumentos. Ao final, uma refrescante água de côco para repor as energias. Atividade física concluída com sucesso!!!!! Foram 6,67 km em ótima companhia!!!!! Valeu demais, Giovanni!!!!!!



COMO ANDA A ALIMENTAÇÃO?

Hoje precisei fazer uma capacitação profissional que me tomou o dia inteiro, por isso somente agora pude escrever o texto. Assim, para não sucumbir às guloseimas engordiets da lanchonete do curso, optei por um suco de acerola e um copo d'água, às 11h (primeiro intervalo) e um péssimo sanduíche metido a natural, numa padaria fuleira, às 14h40. À noite, comi bananas com queijo (uêpaaa!).



VOCÊ NÃO SABE OS PASSOS QUE DEI PRA CHEGAR ATÉ AQUI...

Giovanni falou tão bem das corridas que quase me fez inveja. Em verdade vos digo que já dei meus trotes, nos idos de 1993, quando eu fiz escolinha de remo no Sport Club do Recife. Nos botavam para correr em volta do quarteirão. Eu chegava a fazer uma hora de trote, na época do remo. Até que um dia, no meu aniversário, fui vitima de outro tipo de trote - me jogaram no Rio Capibaribe - e desde então peguei nojo e nunca mais remei, nem corri. E foi assim que eu engordei com Ascáris Lumbrigóides.







Um comentário:

  1. Giovanni Anderson Serpa10 de março de 2013 00:34

    Um prazer caminhar e papear com você. Muita saúde e boa sorte em seus projetos! Grande abraço.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu incentivo por escrito