domingo, 24 de março de 2013

Dia 139/365

A CAMINHADA

Hoje, lamentavelmente, levei um bolo no agendamento que previa um circuito de altos e baixos no sítio histórico da Cidade Alta de Olinda, na companhia do produtor musical Jorge Ayres, vulgo Jorginho. Mas, por uma fatalidade do destino, Jorginho é produtor de Marcelo D2 (uêpaaa!!!) e ontem teve show do artista por aqui. E assim, tendo ido dormir às 8h ( como ele mesmo se justificou agora há pouco), seria uma "viagem" achar que ele estivesse bem disposto às 16h para subir a ladeira da Sé. Apelei para o ditado popular: "quem não tem cão, caça com gato" e resolvi trocar o canino Jorginho pelo meu brother das antigas, Bernardo Soares: fotógrafo e gato. Mhuahahahaha! Berna e eu nos conhecemos aos 14 anos, compartilhando uma experiência antropológica de uma semana em um acampamento para jovens evangélicos (uêpaaaa!!!!) - viagem dos nossos pais, que nem crentes eram. A vida nos reaproximou no jornalismo (quando ambos já estávamos irreversivelmente "perdidos", Mhuahahahaha!). Nossa afinidade sempre foi tão grande que esse meu camarada era um dos meus padrinhos de casamento, chocando a burguesia com seu cabelão de surfista (à época) e colar tribal de tartaruga. Kkkkkkkkkkk. Sabendo que Berna é Olindense, telefonei-lhe e intimei para ser o voluntário da vez. Ele nem hesitou. A caminhada foi muito massa. Conversamos sobre novos desafios, família, honra, surf, mercado imobiliário, empreendedorismo, vida saudável,    Irlanda etc e tals. No final, Berna me deu uma importante contribuição para a minha vida inteira, sugerindo que eu jamais interrompa este projeto, mesmo que a meta dos 40 quilos seja atingida. Isso é o que eu chamo de verdadeiro amigo, preocupado com minha longevidade!!!! 
Atividade física concluída com sucesso!!!!!! Foram exatos 6,2 km, na orla de Olinda, em excelente companhia!!! Valeu demais, meu compadre!!!! 




COMO ANDA A ALIMENTAÇÃO?

Hoje fiz um patê de sardinha com cenoura, cream cheese, orégano e geléia de gengibre com limão (até parece que fui ao show de Marcelo D2, hein?!), para comer com pão de centeio. Ficou tão bom que repeti a gororoba no jantar. Kkkkkkkkk.


VOCÊ NÃO SABE OS PASSOS QUE DEI PRA CHEGAR ATÉ AQUI...

Incrível como a gente pôde virar crentes por uma semana. Tínhamos hora para acordar (6h), hora para comer (7h, 12h e 18h), hora para brincar (10h e 15h) e todas as outras horas para orar. Outro amigo nosso também aceitou Jesus mas deve negar essa experiência hoje, já  que é um renomado artista plástico (chamado Lourival Cuquinha). Ou seja, se todos temos potencial para queimar no inferno porque abandonamos a salvação evangélica, então não é nada demais que eu nos queime logo com essa revelação da vida pregressa, né?! Cuquinha, teu passado te condena à salvação. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu incentivo por escrito