sexta-feira, 29 de março de 2013

Dia 144/365

A CAMINHADA

E lá estava eu, com minha pauta de agendamentos toda programada para o feriadão, quando recebi um telefonema do Tio Hipocondríaco me intimando a viajar para o templo praieiro d'Os Insaciáveis na aprazível praia alagoana de Japaratinga. Super convincente, Tio Hippo apelou para a matemática básica para provar que o feriado mais barato possível seria mesmo em Japara, pois "não precisa levar comida nem bebida, e tampouco pagar hospedagem", bastando somente encher o tanque do carro de gasolina, uma só vez, para garantir a ida e a volta. E assim, entrei em contato com os voluntários do final de semana, cancelando seus agendamentos, e segui para Japara.  Quando cheguei na Insaciávelândia, às 12h15, já estava rolando o bufê de tira-gosto: caldeirada (sinfonia marítima), agulhinha frita (uêpa!) e peixe assado. Às 15h, um revigorante e morno banho de mar preparou meu espírito para a caminhada do dia. Convoquei minha querida Tia Louca, que caminhou 3 km comigo mas negou-se veementemente a ser descrita neste blog. E assim, caminhei nada menos do que 6,5 km. Atividade física concluída com sucesso!!! Valeu, Tia Louca! Valeu, Me, Myself and I.




COMO ANDA A ALIMENTAÇÃO?


Pelo menos o mote familiar é não pecar na semana santa, por isso estamos numa Páscoa de imersão na culinária do mar. Só coisa diet. Mhuahahahahaha!


VOCÊ NÃO SABE OS PASSOS QUE DEI PRA CHEGAR ATÉ AQUI...

Esse negocio de desmarcar caminhada de última hora é altamente estressante, afinal, os amigos agendados contam cada dia que falta para caminhar comigo - e, quando sou obrigado a desmarcar, a chiadeira é geral. Mhuahahahaha! 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu incentivo por escrito