domingo, 31 de março de 2013

Dia 146/365

A CAMINHADA

Hoje tive a honra de ser acompanhado por dois políticos da vanguarda: o jornalista João Thiago Oliveira e o professor Marcelo Rodrigues. O jornalista já era meu amigo, por isso me apresentou o professor, que estava radiante com a vitória do Santa Cruz em cima do Clube Capibaribe. Nos encontramos no Parque da Jaqueira, por acaso, quando eu já  tinha dado cinco voltas, mas eu estava com pique para continuar o exercício por pelo menos mais três quilômetros na companhia dos homens públicos. Conversamos sobre política, religião, futebol e mulher, ou seja, só assuntos leves... Kkkkkkkkkkkkkk. Contei a Marcelo sobre este meu projeto, comentei alguns "causos" engraçados envolvendo a minha pessoa (a pedido de João Thiago, que conhecia algumas histórias, como o Preconceito Invertido, a minha tiração de onda com "os mutilados da redução de estômago" etc). Os papos foram muito bons, tanto que nem senti o esforço do exercício.
Atividade física concluída com sucesso!!! Foram 8,3 km em especialíssima companhia!!! Valeu, vossas excelências!!!





COMO ANDA A ALIMENTAÇÃO?


Ainda sob o efeito da vibe carnívoro-pecaminosa pós-sexta-feira santa, hoje cozinhei Picanha suína (uêpaaaaaaaa!!!!!!!) na chapa, coração de galinha também na chapa, arroz à grega e ervilhas frescas refogadas no alho e com um pouco de requeijão light para dar a liga da justiça. De sobremesa, um pedaço do ovo de Páscoa de chocolate orgânico da Roval. Aliás, o ovo nem foi a sobremesa, pois eu tirei um cochilo restaurador e, quando acordei à tardinha, decidi que precisava de um energético que me desse a disposição necessária para a caminhada do dia. À noite, suco de uva integral, fortíssimo.



VOCÊ NÃO SABE OS PASSOS QUE DEI PRA CHEGAR ATÉ AQUI...


Há alguns dias tem rolado uma falta d'água na minha vizinhança, por isso temos nos acostumado ao racionamento diário, com o fornecimento garantido apenas das 6h às 8h; das 12h às 14h; e das 18h às 22h. Porém, quando chegamos hoje de viagem, percebemos que havia pouca água estocada. A solução foi levar as crianças para tomar banho fora de casa (no clube! Kkkkkkk). Só eu me higienizei em casa, com um banho tcheco (na base do "tcheco, tcheco, tcheco...", a onomatopéia da cuia d'água fazendo a lavação).



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu incentivo por escrito