segunda-feira, 15 de abril de 2013

Dia 161/365

A CAMINHADA

Hoje o voluntário foi o jornalista Jeoás Farias, paraibano radicado em Pernambuco, ligadíssimo nas redes sociais, empresário bem-sucedido (na Concepto), casado com minha ex-colega do JC, Júlia Nogueira, e pai de Cora. Para descrevê-lo, cito suas três características marcantes: olhos claros, cabelos ausentes e conversa mansa - que acabam convergindo para que ele passe uma grande simpatia (afinal, os olhos são a janela da alma; a conversa mansa conforta o interlocutor; e é dos carecas que elas gostam mais). Começamos nossa caminhada na Praça de Casa Forte e saímos batendo perna pelas ruas do bairro até chegar no Parque da Jaqueira (onde demos uma volta completa, falando do meu Tio Fazendeiro) e voltamos pela beira-rio do Poço da Panela até sair na praça de Casa Forte outra vez. Fizemos um longo e agradável passeio, ora por entre os carros, ora passando pelos parques (do Exponente, em Casa Forte; e margeando o de Santana, no Poço). Falamos sobre redes sociais, empresariado, mercados de João Pessoa e Recife, vida saudável, cocô de cachorro nas calçadas, educação infantil, camisas pretas emagrecedoras etc e tals.
Atividade física concluída com sucesso!!!!! Foram 6,79 km em excelente companhia!!!!!!!!!!! valeu demais, Jeoás!!!!



COMO ANDA A ALIMENTAÇÃO?

Será que a ordem dos tratores altera o viaduto? pus essa teoria à prova, ingerindo um copázio de café-com-leite antes da caminhada. Somente na volta, já na casa do Tio Hipocondríaco, comi a banana prata. Até agora não estou sentindo nada... kkkkkkkkkkkkkk!


VOCÊ NÃO SABE OS PASSOS QUE DEI PRA CHEGAR ATÉ AQUI...

Ainda bem que este meu projeto é somente de caminhada, do contrário eu não me aguentaria em pé, por causa do rojão  que tem sido o meu dia-a-dia. Esse negócio de caminhar das 6h às 7h20 e trabalhar das 8h às 18h (em dias úteis) não é moleza não. Nos finais de semana, assumindo novos desafios freelancers, também tenho dado uma carga das 9h às 14h, tanto no sábado quanto no domingo. Assim, ontem eu literalmente dormi sentado como Frei Damião, logo depois que almocei, às 15h. Dormi de sapato, óculos, roupa social e uma maleta de executivo na mão. kkkkkkkkkkkkkkk.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu incentivo por escrito