sexta-feira, 7 de junho de 2013

Dia 214/365

A CAMINHADA


Hoje rolou uma dedetização no meu trabalho, por isso milagrosamente fui liberado do segundo expediente. Assim, como ando sempre com minha trouxinha de roupa a tiracolo, resolvi realizar a caminhada logo depois do almoço - para otimizar meu tempo e aproveitar antecipadamente a "happy-hour vibe saudável" da minha sexta-feira. Cheguei no parque às 14h e percebi que esse é o melhor horário para quem não quer encontrar uma alma viva sequer, na pista de cooper. Dessa forma, foi por água abaixo a possibilidade de requisitar um voluntário-tampão de última hora. Mas aí... Tcharammm! Apareceu o fotógrafo Deivdson Nunes, do Jornal do Commercio, para me clicar. Tá bom, não foi uma surpresa. Havíamos marcado às 15h30. Quando ele chegou, eu finalizava a caminhada na companhia do glorioso Menino Jesus, e daí por diante posei para uma sessão de fotos, secando a barriga e fazendo aquela boca de peixe, para não sair bochechudo. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Vou esperar o resultado da sessão de fotos de hoje sair no jornal antes de revelar a editoria e a data da publicação. ;)
Atividade física concluída com sucesso!!!! Foram 9,3 km em divina companhia (sempre)!!!! Detalhe para o encontro casual no parque com minha amiga Juliana Cavalcanti, que apóia tanto este projeto da Dieta da Rede Social que eu me sinto como se estivesse acolhido por milhares de leitores, todas as vezes que nos encontramos.

Era para ser a foto da foto, mas eu quis olhar pra vocês, milhares de leitores


COMO ANDA A ALIMENTAÇÃO?

Galera, o queijo de coalho que comprei esta semana é o melhor do ano. Ainda bem que sou o tipo do consumidor que pede "uma provinha" na mercearia, antes de decidir a compra. E ao experimentar, percebi imediatamente que se tratava de um exemplar raro da safra "meio insosso, molinho e que derrete", por isso peguei a peça inteira, de 1,5 kg. E assim, minha rotina gastronômica pop (de popular, claro) tem sido queijo de coalho no café-da-manhã e no jantar, naquele esquema "casadinho com o pão multigrãos". Para o almoço, acertei em cheio com uma super salada na Saladeria do Espaço de Metas Unic Casa Forte, que aos poucos está se tornando minha segunda casa. ;)



VOCÊ NÃO SABE OS PASSOS QUE DEI PRA CHEGAR ATÉ AQUI...


Apesar de eu ser um filho da pauta (ou seja, jornalista), ter casado com uma coleguinha de profissão e possuir um milhão de amigos do "meio" comunicacional, toda a mídia que chega à Dieta da Rede Social vem de forma espontânea (para os leitores novatos, favor clicar no link "Estamos na Mídia", na barra lateral direita). Pois é, quem acredita que existe "panelinha" para que a divulgação aconteça desconhece um dos ímãs do jornalismo-verdade: pauta boa. Ou seja, se o assunto é de interesse público, merece ser difundido. E vamos combinar que essa idéia de convidar pessoas para que se solidarizassem com um pobre obeso mórbido que caminhava aceleradamente para o Parque das Flores (cemitério recifense) revertendo essa tendência fatídica para ajudá-lo (Mandrey pra vereador, se referindo a ele mesmo na terceira pessoa) a caminhar em outros parques (Jaqueira, 13 de Maio, Santana), foi uma idéia boazinha, né? :p 
Então, a partir de agora, Simon diz: vamos comprar o JC todos os dias até sair a publicação da foto.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu incentivo por escrito