sexta-feira, 22 de novembro de 2013

SEGUNDA TEMPORADA: Dia 17/365

A CAMINHADA

O horário de verão me obrigou a sair para caminhar praticamente sem sol, hoje cedíssimo (5h45, no Rio de Janeiro, que correspondeu a 4h45 de acordo com a natureza). Meu compromisso no Projac estava marcado para às 9h, por isso eu tinha que agilizar minha vida antes do galo cantar. Hospedado num apart hotel chamado "Promenade Verano", perguntei aos porteiros se aquela região da Barra da Tijuca era segura para caminhar e eles me indicaram o porquinho particular do condomínio (que abarca não sei quantas dezenas de edifícios), chamado Rio Park 2. Galera, em verdade vos digo que aquilo ali é um mundo de luxo e riqueza. A pista de cooper tem nada menos que 3,4 km de extensão! Caminhei deslumbrado por entre paisagens magníficas até encontrar um voluntário de ultima hora: o funcionário público carioca do Tribunal de Contas do RJ, Genésio Luiz, morador de um dos edifícios. Ele comentou que já foi malhador contumaz, mas com o tempo foi deixando pra lá e "ganhou barriga". Recentemente retomou a atividade física e hoje o destino nos colocou no mesmo local e horário. Conversamos muito sobre vida saudável e os luxos do condomínio dele (shopping, prainha, 3 quadras de tênis, 3 saunas, cinema privativo e linha de ônibus exclusiva). Acabamos dando "apenas"três voltas. Atividade física concluída com sucesso!!! Foram 11,67 km em excelente companhia!!!! Valeu, Genésio!




COMO ANDA A ALIMENTAÇÃO?

Hoje o dia começou em jejum, pra não gastar dinheiro. Kkkkkkk. Depois da caminhada, o meu café da manhã no hotel foi à base de torradas multigrãos com queijo minas frescal, salada de frutas e suco de laranja. Depois, não resisti e peguei duas fatias generosas de melão e uma lâmina de manga. O almoço também foi especialmente light, na companhia da minha BFF (best friend forever) Fatinha. Gente, o menu no Projac não é fraco não!



VOCÊ NÃO SABE OS PASSOS QUE DEI PRA CHEGAR ATÉ AQUI...

Apesar de todo o sofrimento que uma viagem "bate-e-volta" pode causar (incluindo a desconfortável poltrona do avião e as 4h30 de sono maldormido à noite), dessa vez foi muito mais massa do que a outra visita ao Encontro. ;)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu incentivo por escrito