segunda-feira, 15 de setembro de 2014

SEGUNDA TEMPORADA: Dia 314/365

A MALHAÇÃO

Hoje cheguei pontualmente para a aula de musculação funcional com Bia Megafone e sofri na mão dela, pois nas segundas-feiras ela massacra muito mais, para compensar a folga do fim de semana. Ao meio-dia retornei ao Espaço de Metas Unic para cumprir o segundo sacrifício: A Nova Série A de musculação. Foram necessários 80 minutos para concluir a série. Finalmente, à noitinha, voltei pra casa caminhando e pedalando, como sempre. Atividade física concluída com sucesso!!! Foram 8,2 km e as visitas à academia! Valeu demais!!!



COMO ANDA A ALIMENTAÇÃO?

Pela manhã comi um tostex de queijo minas e tomei café com leite. No lanche, salada de frutas. Frango grelhado com legumes e salada de folhas, com suco de laranja para acompanhar. No lanche da tarde, repeteco de saladinha de frutas. No jantar, inhame com ovos e creme de ricota. :)


VOCÊ NÃO SABE OS PASSOS QUE DEI PRA CHEGAR ATÉ AQUI...

Hoje Deus sincronizou todos os semáforos e obstáculos no meu caminho para que eu estivesse na hora certa na esquina da Rua do Futuro com Rua Amélia,  para salvar uma pessoa da morte certa por atropelamento. Eu tenho o hábito de esperar o sinal abrir pra mim, antes de atravessar as ruas, por isso parei na esquina da Rua Amélia e esperei. Devido ao grande fluxo de veículos, duas faixas ficaram com retenções (os carros estavam fechando o cruzamento), por isso uma pedestre achou que o semáforo já estava vermelho para os carros e começou a atravessar a rua, distraída. De onde eu estava, mais distante, pude ver um carro vindo a toda velocidade na ultima faixa de rolamento, enquanto a pedestre se aproximava num sincronismo perfeito com o carro que vinha sem ela saber (pois os veículos das primeiras filas cobriam a visão da moça). Quando me liguei que o atropelamento era inevitável, gritei a plenos pulmões e a moça parou instantaneamente, vendo o carro passar tão perto que tocou sua roupa. Salvei uma vida!

Um comentário:

  1. Meu Deus é bom! Ele sabe exatamente o que faz. A gente que costuma não entender muito bem. Mas n precisa entender, basta confiar!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu incentivo por escrito